Cirurgia peniana: quais problemas exigem o procedimento?

Conteúdo

Não é segredo para ninguém que os homens dão uma grande importância para o próprio órgão sexual e, por isso, podem ficar muito apreensivos quando necessitam fazer uma cirurgia peniana.

Descubra nesse post, em quais casos são necessárias intervenções cirúrgicas e como podem ser realizadas, além de entender mais sobre a cirurgia de prótese peniana.

Cirurgia peniana resolve diversos problemas

Na psique masculina, o pênis é um órgão que assume uma importância muito grande e é motivo de orgulho em suas vidas. Segundo um texto da psicanalista Regina Navarro, isso ocorre especialmente porque quando o homem descobriu seu papel na fertilidade, em determinados momentos da história, o órgão sexual masculino foi reverenciado e tornou-se objeto de adoração. 

Em alguns locais ainda há cultos ao pênis, como em cidades como Kawasaki, no Japão, e no templo de Chimi Lhakhang, no Butão. 

Por isso, a maioria dos homens tendem a conferir uma grande valorização das características do pênis, como forma, qualidade, desempenho e tamanho.

Assim, quando há necessidade de realizar uma cirurgia no pênis muitos homens manifestam uma grande apreensão. Mas o que é cirurgia peniana? 

Uma cirurgia peniana é caracterizada quando o órgão sexual masculino precisa passar por uma intervenção cirúrgica por patologias diversas, como a Doença de Peyronie, disfunção erétil e variações inestéticas . Porém, esses não são os únicos casos que levam um homem a sofrer um procedimento cirúrgico no pênis ou na região sexual. Veja abaixo quando as cirurgias são apenas pequenas correções, que podem até ser realizadas em consultório médico, outras que vão necessitar um aparato médico e hospitalar, como a cirurgia de prótese peniana ou a cirurgia de aumento peniano.

Ebook reposição hormonal

Cirurgias penianas em ambiente hospitalar

Certos procedimentos cirúrgicos vão envolver a necessidade de um ambiente hospitalar porque são intervenções mais complexas e necessitam de anestesias, por exemplo, a cirurgia de aumento peniano ou a cirurgia de implante peniano.

Cirurgia de prótese peniana

Você sabe como funciona a prótese peniana? Essa é uma cirurgia para o tratamento da disfunção erétil.

Esse implante peniano é colocado quando o homem tem impotência e já tentou vários outros tratamentos e não obteve sucesso . Esses dispositivos vão resgatar a qualidade da ereção e a vida sexual do paciente. São dois tipos de implantes penianos: inflável e maleável. Nesta cirurgia peniana, o preço vai depender do tipo de dispositivo implantado.

Como é feita a cirurgia de prótese peniana?

A prótese inflável é composta por 3 dispositivos e fica muito semelhante ao processo fisiológico e rigidez da ereção masculina. No caso da cirurgia de  implante peniano inflável, serão introduzidos 3 dispositivos: um pump (escroto), reservatório (que fica próximo à bexiga) e 2 cilindros (no interior dos corpos cavernosos do pênis).

Esse tipo de implante tem um custo mais alto, fica completamente interno, não dá para perceber e é bem discreto. Apenas em casos raros e com medida judicial, o convênio vai cobrir esse tipo de prótese.

Já com a prótese maleável, são implantadas duas hastes revestidas de silicone, que vão promover a rigidez constante do pênis. Por isso, a aparência do pênis será sempre rígida, mas há meios de disfarçar. 

Essa prótese tem custo mais baixo e é a mais implantada no Brasil. Além disso, o plano de saúde cobre cirurgia de prótese peniana maleável, assim como o SUS.

Para a cirurgia de implantação de prótese peniana vai utilizar anestesia, o tempo de procedimento fica em torno de 50 minutos a 1 hora, mas vai depender da complexidade de cada caso. Já a internação,  será em torno de 24 horas.

O ideal é não postergar demais para colocar a prótese peniana, porque o quanto antes resolver o problema, terá melhores resultados. Com essa cirurgia peniana, antes e depois serão muito bem marcados na qualidade de vida sexual masculina.

Não é segredo para ninguém que os homens dão uma grande importância para o próprio órgão sexual e, por isso, podem ficar muito apreensivos quando necessitam fazer uma cirurgia peniana. Descubra nesse post, em quais casos são necessárias intervenções cirúrgicas e como podem ser realizadas, além de entender mais sobre a cirurgia de prótese peniana. Cirurgia peniana resolve diversos problemas Na psique masculina, o pênis é um órgão que assume uma importância muito grande e é motivo de orgulho em suas vidas. Segundo um texto da psicanalista Regina Navarro, isso ocorre especialmente porque quando o homem descobriu seu papel na fertilidade, em determinados momentos da história, o órgão sexual masculino foi reverenciado e tornou-se objeto de adoração. Em alguns locais ainda há cultos ao pênis, como em cidades como Kawasaki, no Japão, e no templo de Chimi Lhakhang, no Butão. Por isso, a maioria dos homens tendem a conferir uma grande valorização das características do pênis, como forma, qualidade, desempenho e tamanho. Assim, quando há necessidade de realizar uma cirurgia no pênis muitos homens manifestam uma grande apreensão. Mas o que é cirurgia peniana? Uma cirurgia peniana é caracterizada quando o órgão sexual masculino precisa passar por uma intervenção cirúrgica por patologias diversas, como a Doença de Peyronie, disfunção erétil e variações inestéticas . Porém, esses não são os únicos casos que levam um homem a sofrer um procedimento cirúrgico no pênis ou na região sexual. Veja abaixo quando as cirurgias são apenas pequenas correções, que podem até ser realizadas em consultório médico, outras que vão necessitar um aparato médico e hospitalar, como a cirurgia de prótese peniana ou a cirurgia de aumento peniano. Cirurgias penianas em ambiente hospitalar Certos procedimentos cirúrgicos vão envolver a necessidade de um ambiente hospitalar porque são intervenções mais complexas e necessitam de anestesias, por exemplo, a cirurgia de aumento peniano ou a cirurgia de implante peniano. Cirurgia de prótese peniana Você sabe como funciona a prótese peniana? Essa é uma cirurgia para o tratamento da disfunção erétil. Esse implante peniano é colocado quando o homem tem impotência e já tentou vários outros tratamentos e não obteve sucesso . Esses dispositivos vão resgatar a qualidade da ereção e a vida sexual do paciente. São dois tipos de implantes penianos: inflável e maleável. Nesta cirurgia peniana, o preço vai depender do tipo de dispositivo implantado. Como é feita a cirurgia de prótese peniana? A prótese inflável é composta por 3 dispositivos e fica muito semelhante ao processo fisiológico e rigidez da ereção masculina. No caso da cirurgia de implante peniano inflável, serão introduzidos 3 dispositivos: um pump (escroto), reservatório (que fica próximo à bexiga) e 2 cilindros (no interior dos corpos cavernosos do pênis). Esse tipo de implante tem um custo mais alto, fica completamente interno, não dá para perceber e é bem discreto. Apenas em casos raros e com medida judicial, o convênio vai cobrir esse tipo de prótese. Já com a prótese maleável, são implantadas duas hastes revestidas de silicone, que vão promover a rigidez constante do pênis. Por isso, a aparência do pênis será sempre rígida, mas há meios de disfarçar. Essa prótese tem custo mais baixo e é a mais implantada no Brasil. Além disso, o plano de saúde cobre cirurgia de prótese peniana maleável, assim como o SUS. Para a cirurgia de implantação de prótese peniana vai utilizar anestesia, o tempo de procedimento fica em torno de 50 minutos a 1 hora, mas vai depender da complexidade de cada caso. Já a internação, será em torno de 24 horas. O ideal é não postergar demais para colocar a prótese peniana, porque o quanto antes resolver o problema, terá melhores resultados. Com essa cirurgia peniana, antes e depois serão muito bem marcados na qualidade de vida sexual masculina. Como é o pós-operatório da prótese peniana inflável? Quando termina cirurgia de implantação de prótese peniana inflável, o cirurgião deixa cerca de 70% do volume da prótese inflado, para criar um certo volume, auxiliar que os cilindros fiquem acomodados dentro dos corpos cavernosos e evitar sangramentos e hematomas. Esse procedimento também vai ajudar quando o paciente precisar fazer a reabilitação peniana entre a terceira e a quarta semana após a cirurgia. O pênis sairá do centro cirúrgico envolto em uma faixa especial e com um curativo, em geral, com uma cicatriz escrotal. A partir dessa incisão será possível otimizar o máximo do tamanho e calibre do pênis com a prótese. Em alguns casos, a cicatriz pode ser subcoronal, quando também é necessária uma reconstrução peniana, quando há correção da Doença de Peyronie ou alguma deformidade. Existe também um tipo de incisão infrapúbica. O paciente também vai sair do centro cirúrgico com uma sonda no canal da urina, para evitar que se levante para ir ao banheiro, e também porque a bexiga pode ficar mais murcha enquanto o reservatório do implante se acomoda melhor. A sonda será retirada em cerca de 6 horas após a intervenção. Além da sonda, o paciente sairá da cirurgia com um dreno para evitar hematomas, e que será retirado em 48 horas. O homem é orientado a levar cuecas mais apertadas que já vão estar vestidas nele após a cirurgia. A roupa íntima serve também para pressionar o escroto e evitar os hematomas. Após a cirurgia, o paciente fica em uma sala de recuperação em torno de 1 hora, antes de ir para o quarto. A prótese será desinsuflada no dia seguinte à cirurgia e o paciente é orientado a ficar 72 horas em repouso. Os pacientes saem da internação com receitas de analgésicas, anti-inflamatórios e antibióticos, mas, em geral, os pacientes não costumam sentir muita dor neste pós-operatório. Volta às atividades normais após a cirurgia de prótese peniana A volta às atividades normais como trabalhar e estudar (atividades sem esforço) será em cerca de 1 semana, mas atividades físicas mais intensas só são permitidas depois de 1 mês a 60 dias após a cirurgia. Ideal é que o paciente tenha uma rotina um pouco mais leve na primeira semana após a cirurgia. Entre 8 a 10 dias estão liberados a volta ao trabalho e os exercícios leves para a parte superior do corpo e para as panturrilhas, caminhadas, etc Mas, neste período, ainda é totalmente desaconselhável andar de moto, a cavalo e bicicleta. Essas atividades só serão liberadas em 60 dias para evitar qualquer complicação pós-operatória. Entre a terceira e quarta semana após a cirurgia começa o trabalho de reabilitação, que consiste em insuflar e desinsuflar a prótese. Esse exercício vai ajudar muito na qualidade das ereções. As relações sexuais serão liberadas entre 35 a 40 dias após a realização da cirurgia prótese peniana. Cirurgia prótese peniana: valores aproximados Os valores exatos da cirurgia implante peniano só podem ser quantificados após uma consulta. Neste custo total, é preciso inserir diversos valores estarão incluídos exames de laboratório e de imagem, como o doppler peniano, e honorários da equipe médica (urologista/andrologista), primeiro e segundo auxiliares (urologista), instrumentador(a) especializado(a), anestesista e acompanhamento pós-operatório. Além disso, também devem ser incluídos os custos hospitalares de internação. Esses valores totais podem chegar a R$ 32 mil. O valor da prótese também é um custo importante. No caso das próteses maleáveis podem ficar em torno de R$ 3 mil a R$ 6 mil. Já as infláveis podem custar até 10 vezes mais o valor do modelo semirrígido, com valores que podem atingir R$ 65 mil. Cirurgia peniana para correção de curvatura Essa cirurgia para pênis torto vai promover a restauração do formato do pênis ereto depois da Doença de Peyronie. São várias técnicas utilizadas que podem tanto permitir a correção da curvatura como também um certo alongamento do pênis, tudo vai depender do grau da curvatura e tamanho da haste peniana. Entre as cirurgias de correção de Doença de Peyronie também podem estar associadas às cirurgias de prótese peniana. Para promover o aumento peniano em caso de Peyronie, a técnica de Egydio é utilizada para homens que sofreram encurtamento do pênis em função da doença. Cirurgia para aumento peniano As sociedades médicas brasileiras revelam que não é aconselhado um aumento peniano por razões estéticas. Esse procedimento cirúrgico precisa estar associado às questões funcionais, como nos casos em que os homens tenham micropênis, ou seja, o órgão ereto mede até 7,5 cm; amputações parciais por traumas ou câncer, e pênis embutido. No entanto, a busca por cirurgias de aumento peniano por questões estéticas tem crescido nos consultórios, embora ainda só seja aconselhado a título de pesquisas científicas. Porém, o procedimento já é bastante realizado na Europa, EUA e a tendência é espalhar-se para o mundo. A maioria dos homens que busca não tem micropênis. Uma técnica que promove um ganho de comprimento do pênis é a secção do ligamento suspensor do pênis. Para ganho de espessura do órgão pode ser utilizada a aplicação de ácido hialurônico ou gordura autóloga. Porém, há outros tipos de cirurgia aumento peniano como a Dermolipectomia da púbis. Nessa técnica, a gordura da púbis é utilizada como enxerto no pênis para promover um aumento do órgão. Para aumento peniano, outra cirurgia é conhecida como penuma, que consiste na colocação de uma faixa de silicone dentro do pênis. Cirurgia peniana para correção de fimose Essa cirurgia permite a exposição completa da glande, que vai permitir uma higiene mais apropriada, evitar quadros de infecção fúngica e diminuir o risco de contrair DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis). O procedimento dura cerca de 30 minutos, o paciente terá prescrição de analgésicos e anti-inflamatórios. Pacientes com trabalho que exijam muito esforço devem ficar de repouso entre 2 a 5 dias, mas quem exerce funções mais leves podem voltar ao trabalho no dia seguinte. Procedimentos estéticos para pequenas correções Os homens também podem fazer cirurgia peniana para pequenas correções estéticas, como a retirada das glândulas de Tyson; escrotoplastia ou até mesmo lipoaspiração da púbis que podem ser realizadas em uma clínica de cirurgia peniana. Veja mais abaixo: Retirada as Glândulas de Tyson É uma estrutura encontrada ao redor da glande, parecem bolinhas achatadas, que produzem um líquido que facilitam a penetração. Embora não sejam maléficas para o organismo, quando são mais desenvolvidas, têm uma aparência semelhante a verrugas genitais. Quando há uma grande produção dessa glândula também forma-se uma massa branca ao redor da cabeça do pênis. Muitos homens ficam constrangidos com a aparência e a secreção e buscam o procedimento estético, que é realizado por meio de cauterização das glândulas. Escrotoplastia A sinéquia penoescrotal é uma condição congênita ou adquirida (caso de cirurgias de fimose), na qual acontece a inserção alta do escroto no pênis, que encobre parcialmente o órgão. A correção costuma ser feita com métodos de zetaplastia, porém, a melhor técnica é avaliada caso a caso. O procedimento dura de 20 a 30 minutos, com Anestesia local e pode ser realizada em consultório. Lipoaspiração de púbis Muitas vezes, a gordura da púbis assume uma desproporção que chega a encobrir o tamanho real do pênis. Nesse procedimento é realizada a retirada dessa gordura. Conclusão Homens não devem temer as cirurgias penianas, especialmente porque visam a resolução de questões que podem prejudicar a autoestima masculina. O melhor é consultar um urologista/andrologista, que é a especialidade indicada para tratar questões sexuais masculinas, tirar todas as dúvidas e resolver qualquer que seja o problema. Atualmente, as técnicas modernas permitem um pós-operatório mais tranquilo e com resultados muitos satisfatórios.

Como é o pós-operatório da prótese peniana inflável?

Quando termina cirurgia de implantação de prótese peniana inflável, o cirurgião deixa cerca de 70% do volume da prótese inflado, para criar um certo volume,  auxiliar que os cilindros fiquem acomodados dentro dos corpos cavernosos e evitar sangramentos e hematomas.

Esse procedimento também vai ajudar quando o paciente precisar fazer a reabilitação peniana entre a terceira e a quarta semana após a cirurgia.

O pênis sairá do centro cirúrgico envolto em uma faixa especial e com um curativo, em geral, com uma cicatriz escrotal. A partir dessa incisão será possível otimizar o máximo do tamanho e calibre do pênis com a prótese.

Em alguns casos, a cicatriz pode ser subcoronal, quando também é necessária uma reconstrução peniana, quando há correção da Doença de Peyronie ou alguma deformidade.  Existe também um tipo de incisão infrapúbica.

O paciente também vai sair do centro cirúrgico com uma sonda no canal da urina, para evitar que se levante para ir ao banheiro, e também porque a bexiga pode ficar mais murcha enquanto o reservatório do implante se acomoda melhor. A sonda será retirada em cerca de 6 horas após a intervenção.

Além da sonda, o paciente sairá da cirurgia com um dreno para evitar hematomas, e que será retirado em 48 horas.

O homem é orientado a levar cuecas mais apertadas que já vão estar vestidas nele após a cirurgia. A roupa íntima serve também para pressionar o escroto e evitar os hematomas.

Após a cirurgia, o paciente fica em uma sala de recuperação em torno de 1 hora, antes de ir para o quarto. 

A prótese será desinsuflada no dia seguinte à cirurgia e o paciente é orientado a ficar 72 horas em repouso.

Os pacientes saem da internação com receitas de analgésicas, anti-inflamatórios e antibióticos, mas, em geral, os pacientes não costumam sentir muita dor neste pós-operatório.

Volta às atividades normais após a cirurgia de prótese peniana

A volta às atividades normais como trabalhar e estudar (atividades sem esforço)  será em cerca de 1 semana, mas atividades físicas mais intensas só são permitidas depois de 1 mês a 60 dias após a cirurgia.

Ideal é que o paciente tenha uma rotina um pouco mais leve na primeira semana após a cirurgia. Entre 8 a 10 dias estão liberados a volta ao trabalho e os exercícios leves para a parte superior do corpo e para as panturrilhas, caminhadas, etc

Mas, neste período, ainda é totalmente desaconselhável andar de moto, a cavalo e bicicleta. Essas atividades só serão liberadas em 60 dias para evitar qualquer complicação pós-operatória.

Entre a terceira e quarta semana após a cirurgia começa o trabalho de reabilitação, que consiste em insuflar e desinsuflar a prótese. Esse exercício vai ajudar muito na qualidade das ereções.

As relações sexuais serão liberadas entre 35 a 40 dias após a realização da cirurgia prótese peniana.

Veja mais orientações neste vídeo:

Cirurgia prótese peniana: valores aproximados

Os valores exatos da cirurgia implante peniano só podem ser quantificados após uma consulta. Neste custo total, é preciso inserir diversos valores estarão incluídos exames de laboratório e de imagem, como o doppler peniano, e  honorários da equipe médica (urologista/andrologista), primeiro e segundo auxiliares (urologista), instrumentador(a) especializado(a), anestesista e acompanhamento pós-operatório.

Além disso, também devem ser incluídos os custos hospitalares de internação. Esses valores totais podem chegar a R$ 32 mil.

O valor da prótese também é um custo importante. No caso das próteses maleáveis podem ficar em torno de R$ 3 mil a R$ 6 mil. Já as infláveis podem custar até 10 vezes mais o valor do modelo semirrígido, com valores que podem atingir  R$ 65 mil.

Ebook Prótese Peniana

Cirurgia peniana para correção de curvatura

Essa cirurgia para pênis torto vai promover a restauração do formato do pênis ereto depois da Doença de Peyronie.

São várias técnicas utilizadas que podem tanto permitir a correção da curvatura como também um certo alongamento do pênis, tudo vai depender do grau da curvatura e tamanho da haste peniana.

Entre as cirurgias de correção de Doença de Peyronie também podem estar associadas às cirurgias de prótese peniana.

Para promover o aumento peniano em caso de Peyronie, a técnica de Egydio é utilizada para homens que sofreram encurtamento do pênis em função da doença.

Cirurgia para aumento peniano

As sociedades médicas brasileiras revelam que não é aconselhado um aumento peniano por razões estéticas. Esse procedimento cirúrgico precisa estar associado às questões funcionais, como nos casos em que os homens tenham micropênis, ou seja, o órgão ereto mede até 7,5 cm; amputações parciais por traumas ou câncer, e pênis embutido.

No entanto, a busca por cirurgias de aumento peniano por questões estéticas tem crescido nos consultórios, embora ainda só seja aconselhado a título de pesquisas científicas. Porém, o procedimento já é bastante realizado na Europa, EUA e a tendência é espalhar-se para o mundo. A maioria dos homens que busca não tem micropênis.

Uma técnica que promove um ganho de comprimento do pênis é a secção do ligamento suspensor do pênis. Para ganho de espessura do órgão pode ser utilizada a aplicação de ácido hialurônico ou gordura autóloga.

Porém, há outros tipos de cirurgia aumento peniano como a Dermolipectomia da púbis. Nessa técnica,  a gordura da púbis é utilizada como enxerto no pênis para promover um aumento do órgão. 

Para aumento peniano, outra cirurgia é conhecida como penuma, que consiste na colocação de uma faixa de silicone dentro do pênis.

 

Cirurgia peniana para correção de fimose

Essa cirurgia permite a exposição completa da glande, que vai permitir uma higiene mais apropriada, evitar quadros de infecção fúngica e diminuir o risco de contrair DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

O procedimento dura cerca de 30 minutos, o paciente terá prescrição de analgésicos e anti-inflamatórios.  Pacientes com trabalho que exijam muito esforço devem ficar de repouso entre 2 a 5 dias, mas quem exerce funções mais leves podem voltar ao trabalho no dia seguinte.

ebook porque o penis atrofia ou diminui dr marco tulio cavalcanti

Procedimentos estéticos para pequenas correções

Os homens também podem fazer cirurgia peniana para pequenas correções estéticas, como a retirada das glândulas de Tyson; escrotoplastia ou até mesmo lipoaspiração da púbis que podem ser realizadas em uma clínica de cirurgia peniana. Veja mais abaixo:

Retirada as Glândulas de Tyson

É uma estrutura encontrada ao redor da glande, parecem bolinhas achatadas, que produzem um líquido que facilitam a penetração.

Embora não sejam maléficas para o organismo, quando são mais desenvolvidas, têm uma aparência semelhante a verrugas genitais. 

Quando há uma grande produção dessa glândula também forma-se uma massa branca ao redor da cabeça do pênis.

Muitos homens ficam constrangidos com a aparência e a secreção e buscam o procedimento estético, que é realizado por meio de cauterização das glândulas.

Escrotoplastia

A sinéquia penoescrotal é uma condição congênita ou adquirida (caso de cirurgias de fimose), na qual acontece a inserção alta do escroto no pênis, que encobre parcialmente o órgão.

A correção costuma ser feita com métodos de zetaplastia, porém, a melhor técnica é avaliada caso a caso.

O procedimento dura de 20 a 30 minutos, com Anestesia  local e pode ser realizada em consultório.

Lipoaspiração de púbis

Muitas vezes, a gordura da púbis assume uma desproporção que chega a encobrir o tamanho real do pênis. Nesse procedimento é realizada a retirada dessa gordura.

Conclusão

Homens não devem temer as cirurgias penianas, especialmente porque visam a resolução de questões que podem prejudicar a autoestima masculina.

O melhor é consultar um urologista/andrologista, que é a especialidade indicada para tratar questões sexuais masculinas, tirar todas as dúvidas e resolver qualquer que seja o problema. Atualmente, as técnicas modernas permitem um pós-operatório mais tranquilo e com resultados muitos satisfatórios. 

Home – Marco Túlio

Dr. Marco Túlio Cavalcanti Urologista e Andrologista.

Disfunção Erétil e Impotência sexual: dê fim a esse tormento.

Prótese do Pênis: a retomada da sua vida sexual.

Doença Peyronie: correção da curvatura, recuperação do tamanho e calibre do pênis.

Reposição Hormonal: retome o seu desempenho.

Instagram: dr.mtcavalcanti

Youtube: Dr. Marco Túlio Cavalcanti

www.drmarcotuliourologista.com.br

 

 

Leia também

Disfunção sexual: quais os principais problemas dos homens?

Disfunção sexual: quais os principais problemas dos homens?

Os homens podem passar por inúmeras disfunções sexuais que colocam em risco a satisfação plena neste campo. Leia esse texto…
Dor no pênis: conheça 17 causas

Dor no pênis: conheça 17 causas

  A dor no pênis não é uma ocorrência muito comum, como as dores musculares ou até dores de cabeça,…
Infertilidade masculina: reposição hormonal pode influenciar?

Infertilidade masculina: reposição hormonal pode influenciar?

São muitas as razões que levam um homem a sofrer um declínio de testosterona e começar uma reposição hormonal, mas…
Translate »