Varicocele: saiba o que é e como tratar

Conteúdo

Um homem que sofre de dores crônicas nos testículos e apresenta sinais de infertilidade pode ter varicocele, uma patologia que atinge até 15% da população masculina do mundo. Neste texto, leia mais sobre a varicocele, o que é, sintomas, causas e se existe uma forma de tratar esse problema que pode ser congênito. O que é varicocele? A varicocele são varizes que se formam no saco escrotal. O que causa varicocele? O que causa varicocele é uma dilatação anormal das veias dentro no testículo, devido ao refluxo do sangue na região por ineficiência das válvulas venosas. É exatamente o que ocorre quando as pessoas têm varizes nas pernas, ou seja, a patologia é uma varize no testículo. Em geral, a patologia pode surgir logo na puberdade aos 12 ou 13 anos. O principal risco da doença é que a varicocele pode causar infertilidade masculina, porque vai reduzir a qualidade do esperma e também a produção de espermatozoides. Isso ocorre porque a varicocele altera a temperatura dos testículos. Vamos explicar: os testículos costumam ter uma temperatura cinco graus menor do que na pelve ou na barriga, o que será ideal para a produção e manutenção da função ideal do esperma, mas a varicocele no testículo promove um aquecimento, que supera a temperatura própria local, prejudicando a produção e a boa qualidade dos espermatozoides. Mas, não é todo tipo de varicocele que vai interferir na produção espermática. Essas varizes nos testículos também podem fazer com que o testículo não se desenvolva ou até encolha (atrofia). Com o passar do tempo, essa varize pode se tornar visível nos testículos e causar inchaço local, geralmente, ocorre no testículo esquerdo, devido à posição da veia testicular, mas o homem pode sim ter varicocele bilateral, embora seja bem mais raro. Existem 3 graus da doença: 1 (leve), 2 (moderado) e varicocele grau 3, que é considerada bem importante. Os graus 2 e 3 podem levar à infertilidade. Nesses estágios, é quando é necessário tratamento. Varicocele: sintomas A varicocele pode ser assintomática. Muitas vezes, os homens descobrem devido aos exames realizados pela desconfiança da infertilidade. Mas quando há sintomas, o homem pode sentir: Dor ou desconforto nos testículos; Sensação de peso nos testículos; Dor piora no decorrer do dia e com a prática de exercícios físicos; Dor melhor quando o homem fica deitado de barriga para cima; Inchaço no testículo; Diminuição do tamanho do testículo. Diagnóstico da varicocele Como essa é uma patologia que pode ser assintomática, muitas vezes, o que leva à sua descoberta é a desconfiança da infertilidade masculina, por isso, essa questão é comum nos consultórios: “Quem tem varicocele pode ter filhos?” Essa patologia pode ser a causa da infertilidade de homens que estão tentando gerar o primeiro filho, mas não estão tendo o devido sucesso, por isso, vão buscar essa ajuda médica que os levará a esse diagnóstico. No entanto, como a varicocele pode surgir depois da puberdade, pode ser também a causa dos problemas de fertilidade de homens que já tiveram o primeiro filho, mas estão tentando gerar o segundo. Mas, o diagnóstico e tratamento desse problema começa com uma visita ao urologista/andrologista para uma avaliação da vida sexual. Caso o paciente tenha sintomas como os descritos acima, precisa expor ao médico. Além disso, o médico fará um exame físico, que inclui a palpação do escroto, com isso o especialista já poderá perceber a presença das varicoceles. Esse exame é feito com o paciente em pé e deitado. Para concluir que o problema é mesmo varicocele testicular, o médico vai solicitar um ultrassom, que pode apresentar veias com mais de 3mm de largura e com sangue fluindo na direção errada. Além disso, para saber se essa é mesmo a causa da infertilidade é solicitado um espermograma. Varicocele: tratamento pode ser medicamentoso ou cirúrgico A doença tem caráter progressivo, por isso, os homens solteiros ou casados que pretendem ter filhos, precisam fazer o tratamento. Além disso, quando o homem já sente dores e desconfortos, também é preciso tratar para evitar a piora do quadro. Os tratamentos para varicocele não vão envolver medicamentos, porque como não há remédios que tratam as varizes nos membros inferiores das pessoas, com essa patologia nos testículos será o mesmo padrão. Porém, analgésicos podem ajudar a reduzir os sintomas. A principal forma de tratamento é a cirurgia de varicocele, conhecida como varicocelectomia, que vai promover o bloqueio do fluxo sanguíneo nessas veias doentes. São basicamente duas abordagens. A primeira é a cirurgia varicocele microscópica, na qual os microscópios de última geração vão auxiliar o médico a visualizar o local exato onde deverá ser realizada uma incisão acima do escroto. Além disso, esse microscópio também é imprescindível para que o cirurgião consiga ligar todas as pequenas veias e poupar os canais deferentes, as artérias testiculares e o vaso do sistema linfático. Essa abordagem é a que costuma produzir melhores resultados. Já para tratar a varicocele com cirurgia laparoscópica, são inseridos tubos finos no abdômen para realizar a conexão das veias. Mas é importante ressaltar que pode acontecer, em casos raros, uma recorrência da varicocele. Em geral, na cirurgia microscópica, apresenta uma menor taxa de remanescência da doença. A recuperação pós-cirúrgica costuma ser rápida e com dor leve. A indicação é que os pacientes voltem ao trabalho de 5 a 7 dias após a cirurgia, já para as atividades físicas, a pausa deverá ser de 10 dias ou pelo prazo solicitado pelo médico. Quando a cirurgia é realizada devido às questões de fertilidade, pode ser realizado um exame para checar a qualidade do sêmen após 4 meses da cirurgia. Leia mais sobre: Covid e impotência sexual Conclusão É importante que os homens comecem a desenvolver a consciência sobre a importância de tratar suas questões sexuais com o especialista, que é o andrologista, porque a dilatação anormal das veias do testículo pode ser descoberta até mesmo em um simples exame de rotina. Além de buscar tratar o problema, ele também será esclarecido sobre muitos fatos sobre a doença, por exemplo, que a varicocele, apesar de poder levar à infertilidade, não causa impotência sexual. Então, não deixe sua saúde sexual para depois! Para o homem que está com esse problema, é importante lembrar que a varicocele tem cura, e ele só terá que buscar um especialista, que vai apresentar a melhor solução.

Um homem que sofre de dores crônicas nos testículos e apresenta sinais  de infertilidade pode ter varicocele,  uma patologia que atinge até 15% da população masculina do mundo.

Neste texto, leia mais sobre a varicocele, o que é, sintomas, causas e se existe uma forma de tratar esse problema que pode ser congênito.

O que é varicocele?

A  varicocele são varizes que se formam  no saco escrotal. 

O que causa varicocele?

O que causa varicocele é uma dilatação anormal das veias dentro no testículo,  devido ao refluxo do sangue na região por ineficiência das válvulas venosas. É exatamente o que ocorre quando as pessoas têm varizes nas pernas, ou seja, a patologia é uma varize no testículo.

Em geral, a patologia pode surgir logo na puberdade aos 12 ou 13 anos. O principal risco da doença é que a varicocele pode causar infertilidade masculina, porque vai reduzir a qualidade do esperma e também a produção de espermatozoides. 

Isso ocorre porque  a varicocele altera a temperatura dos  testículos.  Vamos explicar:  os testículos costumam ter uma temperatura cinco graus menor do que na pelve ou na barriga,  o que será ideal para a produção e manutenção da função ideal  do esperma, mas a  varicocele no testículo promove um aquecimento,  que supera  a temperatura própria local, prejudicando a produção e a boa qualidade dos espermatozoides.

Mas, não é todo tipo de varicocele que vai interferir na produção espermática.

Essas varizes nos testículos também podem fazer com que o testículo não se desenvolva ou até encolha (atrofia).

Com o passar  do tempo, essa varize  pode se tornar visível nos testículos e causar  inchaço local, geralmente, ocorre no testículo esquerdo,  devido à  posição da veia testicular, mas o homem pode sim ter varicocele bilateral,  embora seja bem mais  raro.

Existem 3 graus da doença:  1 (leve), 2 (moderado) e varicocele grau 3, que é considerada bem importante. Os graus 2 e 3 podem levar à infertilidade. Nesses estágios, é quando é necessário  tratamento.

Varicocele: sintomas

A varicocele pode ser assintomática.  Muitas vezes, os homens descobrem devido aos exames  realizados pela desconfiança da infertilidade.  Mas quando  há sintomas, o homem pode sentir:

  • Dor ou desconforto nos testículos;
  • Sensação de peso nos testículos;
  • Dor piora  no decorrer do dia e com a prática de exercícios físicos;
  • Dor melhor quando o homem fica deitado de barriga para cima;
  • Inchaço no testículo;
  • Diminuição do tamanho do testículo.

Diagnóstico da varicocele

Como essa é  uma patologia  que pode ser assintomática, muitas vezes, o que leva à  sua descoberta é a desconfiança da  infertilidade masculina, por isso, essa questão é  comum  nos consultórios: “Quem tem varicocele pode ter filhos?”

Essa patologia pode ser  a causa da infertilidade de homens que estão tentando gerar o primeiro filho, mas não estão tendo o devido sucesso, por isso, vão buscar essa ajuda médica que os levará a esse diagnóstico. 

No entanto, como a varicocele  pode surgir depois da puberdade,  pode  ser também a causa dos problemas de fertilidade de homens  que já tiveram  o primeiro filho, mas estão  tentando gerar o segundo. 

Mas, o diagnóstico e tratamento desse problema começa com  uma visita ao urologista/andrologista para uma avaliação da vida sexual.  Caso o paciente tenha sintomas como os descritos acima, precisa expor ao médico.

Além  disso,  o médico fará um exame físico, que inclui a palpação do escroto, com isso o especialista já poderá perceber a presença das varicoceles. Esse exame é feito com o paciente em pé  e deitado.

Para concluir que o problema é mesmo varicocele testicular, o médico vai  solicitar um  ultrassom, que pode apresentar veias com mais de 3mm de largura e com sangue fluindo na direção errada. Além disso, para saber se essa é mesmo a causa da infertilidade é solicitado um espermograma.

Ebook Disfunção erétil

Varicocele: tratamento pode ser medicamentoso ou cirúrgico

A doença tem caráter progressivo, por isso, os homens solteiros ou casados que pretendem ter filhos, precisam fazer o tratamento. Além disso, quando o homem já sente dores e desconfortos, também é preciso tratar para evitar a piora do quadro. 

Os tratamentos para varicocele não vão envolver medicamentos, porque como não há remédios que tratam as varizes nos membros inferiores das pessoas, com essa patologia nos testículos será o mesmo padrão. Porém, analgésicos podem ajudar a reduzir os sintomas.

A principal forma de tratamento é a cirurgia de varicocele,  conhecida como varicocelectomia,  que  vai promover o bloqueio do fluxo sanguíneo nessas veias doentes. São basicamente duas abordagens.

A primeira é a cirurgia varicocele microscópica, na qual os microscópios de última geração vão auxiliar o médico a visualizar o local exato onde deverá ser realizada uma incisão acima do escroto. Além disso, esse microscópio também é imprescindível para que  o cirurgião consiga ligar todas as pequenas veias  e poupar os canais deferentes,  as artérias testiculares e o vaso   do sistema linfático. 

Essa abordagem é a que costuma  produzir melhores resultados.

Já para tratar a varicocele com cirurgia laparoscópica, são inseridos tubos finos no abdômen para  realizar a conexão das veias. 

Mas é importante ressaltar que pode acontecer, em casos raros, uma recorrência da varicocele. Em geral, na cirurgia microscópica, apresenta uma menor taxa de remanescência da doença.

A recuperação pós-cirúrgica costuma ser rápida e com dor leve. A indicação é que os pacientes voltem ao trabalho de 5 a 7 dias após a cirurgia, já para as atividades físicas, a pausa deverá ser de 10 dias ou pelo prazo solicitado pelo médico.

Quando a cirurgia é realizada devido às questões de fertilidade, pode ser realizado um  exame para checar a  qualidade do sêmen após 4 meses da  cirurgia.

Leia mais sobre:

Conclusão

É importante que os homens comecem  a desenvolver a consciência sobre a importância de tratar suas questões sexuais com o especialista, que é o andrologista, porque a dilatação  anormal das veias do testículo  pode ser descoberta até mesmo em um simples exame de  rotina.

Além de buscar tratar  o problema, ele também será esclarecido sobre muitos fatos sobre a doença, por exemplo,  que a varicocele, apesar de poder levar à infertilidade,  não causa impotência sexual. Então, não deixe sua saúde sexual para depois!

Para  o homem que está com esse problema, é importante lembrar que a varicocele tem cura, e ele só terá que buscar um especialista, que vai apresentar a melhor  solução.

Home – Marco Túlio

Dr. Marco Túlio Cavalcanti Urologista e Andrologista. Disfunção Erétil e Impotência sexual: dê fim a esse tormento. Prótese do Pênis: a retomada da sua vida sexual. Doença Peyronie: correção da curvatura, recuperação do tamanho e calibre do pênis. Reposição Hormonal: retome o seu desempenho.

Instagram: @dr.mtcavalcanti

Youtube: Dr. Marco Túlio Cavalcanti

www.drmarcotuliourologista.com.br

Leia também

Varicocele: saiba o que é e como tratar

Varicocele: saiba o que é e como tratar

Um homem que sofre de dores crônicas nos testículos e apresenta sinais  de infertilidade pode ter varicocele,  uma patologia que…
Prótese peniana inflável: saiba o que faz pela sua vida sexual

Prótese peniana inflável: saiba o que faz pela sua vida sexual

Homens que têm disfunção erétil podem retomar a vida sexual de forma bastante parecida com o processo fisiológico com a…
Uretrite: conheça os tipos que atingem o pênis e como tratar

Uretrite: conheça os tipos que atingem o pênis e como tratar

Quando um homem sente a uretra inchada e uma coceira na entrada da região genital, ele pode estar com uretrite.…
Translate »