Qual o preço da terapia ondas de choque para disfunção erétil?

Conteúdo

Quem está em busca de formas de tratar a impotência não deve perder a oportunidade de conhecer mais sobre o que é a terapia de ondas de choque para disfunção erétil, preço e para quais casos é indicada.

Mas, muitos pacientes poderão ficar com dúvidas sobre o que consiste essa terapia, será que eles vão levar choque no pênis? Leia esse post até o final para saber tudo sobre o tratamento.

O que é a disfunção erétil?

A ereção erétil é caracterizada por dificuldades que o homem tem para atingir ou manter a rigidez peniana para realizar a penetração sexual. Esse quadro reflete uma alteração no equilíbrio da contração e do relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos do pênis.

Ocasionalmente, alguns fatores podem dificultar a ereção de um homem, como uso de álcool, alterações hormonais temporárias, estresse ou falta de sono. Porém, quando os episódios de dificuldades nas ereções costumam ficar frequentes, é preciso investigar.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia esse problema pode alcançar até 50% dos homens após os 40 anos. No entanto, o fator envelhecimento não é o único que vai afetar a qualidade da ereção dos homens.  Há algumas doenças que podem levar ao quadro de disfunção erétil, como a diabetes.

Diversos tratamentos para disfunção erétil já existem para ajudar esses homens a terem de volta uma vida sexual de qualidade, como medicações vasodilatadoras (sildenafila, tadalafila…), injeções penianas (Caverjet, Trimix) , reposição hormonal masculina com testosterona e os implantes de próteses penianas (infláveis ou semirrígidas).

Porém, um método inovador que tem devolvido o desempenho sexual a muitos homens, é o tratamento por ondas de choque. É um dos poucos que atua na causa do problema, estimulando a formação de novos microvasos nos corpos cavernosos do pênis. 

O que é a terapia por ondas de choque para disfunção erétil?

Se está lendo para entender mais sobre terapia de ondas de choque para disfunção erétil, preço e seu funcionamento saiba que esse é um método bastante inovador,  NÃO  INVASIVO, INDOLOR e SEM EFEITOS COLATERAIS. 

Como todos sabem, para que o pênis tenha uma boa ereção, precisará estar completamente cheio de sangue, o que será o fator que promoverá a rigidez. Qualquer situação que impeça a vascularização do pênis poderá levar à disfunção erétil, como flacidez e desgaste do tecido peniano provocado pelo envelhecimento ou outras doenças.

Melhorar o fluxo sanguíneo do pênis é o fundamento de outras abordagens terapêuticas para o tratamento da disfunção erétil. Por isso, muitos pacientes partem em busca de entender como funciona o Sildenafil, que é uma dos inibidores da fosfodiesterase oral tipo 5 que vão ajudar na vascularização peniana, mas nem sempre esse tipo de tratamento funciona em todos os casos.

Além disso, essas medicações não alteram a fisiopatologia do mecanismo erétil, a ereção só irá ocorrer mediante a ingestão dessas medicações, ou seja, só vai haver uma vasodilatação momentânea melhorando a rigidez peniana. 

No tratamento com ondas de choque, o objetivo é recuperar a irrigação do tecido cavernoso peniano, o que fará restaurar a função erétil. 

A terapia é realizada por meio de um aparelho de ondas de choque de baixa intensidade. Mas não se trata de eletricidade, são ondas sonoras que estimulam as células tronco do pênis.

Ao serem aplicadas, essas ondas acústicas vão se propagar, interagir em uma grande profundidade no órgão sexual e provocar reações biológicas, como a neovascularização do tecido peniano. 

Com isso, um percentual significativo dos  pacientes voltará a ter ereções naturais e espontâneas, sem uso de medicação ou qualquer outro mecanismo artificial. Esse efeito já foi comprovado em diversos estudos científicos pelo mundo. Claro que o grau da resposta depende do estágio da disfunção erétil do paciente. Não se trata de um tratamento milagroso.

Quem está em busca de formas de tratar a impotência não deve perder a oportunidade de conhecer mais sobre o que é a terapia de ondas de choque para disfunção erétil, preço e para quais casos é indicada. Mas, muitos pacientes poderão ficar com dúvidas sobre o que consiste essa terapia, será que eles vão levar choque no pênis? Leia esse post até o final para saber tudo sobre o tratamento. O que é a disfunção erétil? A ereção erétil é caracterizada por dificuldades que o homem tem para atingir ou manter a rigidez peniana para realizar a penetração sexual. Esse quadro reflete uma alteração no equilíbrio da contração e do relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos do pênis. Ocasionalmente, alguns fatores podem dificultar a ereção de um homem, como uso de álcool, alterações hormonais temporárias, estresse ou falta de sono. Porém, quando os episódios de dificuldades nas ereções costumam ficar frequentes, é preciso investigar. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia esse problema pode alcançar até 50% dos homens após os 40 anos. No entanto, o fator envelhecimento não é o único que vai afetar a qualidade da ereção dos homens. Há algumas doenças que podem levar ao quadro de disfunção erétil, como a diabetes. Diversos tratamentos para disfunção erétil já existem para ajudar esses homens a terem de volta uma vida sexual de qualidade, como medicações vasodilatadoras (sildenafila, tadalafila…), injeções penianas (Caverjet, Trimix) , reposição hormonal masculina com testosterona e os implantes de próteses penianas (infláveis ou semirrígidas). Porém, um método inovador que tem devolvido o desempenho sexual a muitos homens, é o tratamento por ondas de choque. É um dos poucos que atua na causa do problema, estimulando a formação de novos microvasos nos corpos cavernosos do pênis. O que é a terapia por ondas de choque para disfunção erétil? Se está lendo para entender mais sobre terapia de ondas de choque para disfunção erétil, preço e seu funcionamento saiba que esse é um método bastante inovador, NÃO INVASIVO, INDOLOR e SEM EFEITOS COLATERAIS. Como todos sabem, para que o pênis tenha uma boa ereção, precisará estar completamente cheio de sangue, o que será o fator que promoverá a rigidez. Qualquer situação que impeça a vascularização do pênis poderá levar à disfunção erétil, como flacidez e desgaste do tecido peniano provocado pelo envelhecimento ou outras doenças. Melhorar o fluxo sanguíneo do pênis é o fundamento de outras abordagens terapêuticas para o tratamento da disfunção erétil. Por isso, muitos pacientes partem em busca de entender como funciona o Sildenafil, que é uma dos inibidores da fosfodiesterase oral tipo 5 que vão ajudar na vascularização peniana, mas nem sempre esse tipo de tratamento funciona em todos os casos. Além disso, essas medicações não alteram a fisiopatologia do mecanismo erétil, a ereção só irá ocorrer mediante a ingestão dessas medicações, ou seja, só vai haver uma vasodilatação momentânea melhorando a rigidez peniana. No tratamento com ondas de choque, o objetivo é recuperar a irrigação do tecido cavernoso peniano, o que fará restaurar a função erétil. A terapia é realizada por meio de um aparelho de ondas de choque de baixa intensidade. Mas não se trata de eletricidade, são ondas sonoras que estimulam as células tronco do pênis. Ao serem aplicadas, essas ondas acústicas vão se propagar, interagir em uma grande profundidade no órgão sexual e provocar reações biológicas, como a neovascularização do tecido peniano. Com isso, um percentual significativo dos pacientes voltará a ter ereções naturais e espontâneas, sem uso de medicação ou qualquer outro mecanismo artificial. Esse efeito já foi comprovado em diversos estudos científicos pelo mundo. Claro que o grau da resposta depende do estágio da disfunção erétil do paciente. Não se trata de um tratamento milagroso. Para quais pacientes a terapia de ondas de choque é indicada? Como a terapia de ondas de choque de baixa intensidade visa melhorar a circulação sanguínea e a vascularização, está direcionada especialmente para pacientes que estão com disfunção erétil por causas vasculares. São pacientes que estão com problemas de fluxo sanguíneo no pênis em função do envelhecimento, diabetes, hipertensão, colesterol alto ou obesidade. Pacientes com disfunção erétil provocada por doença de Peyronie e após cirurgias de próstata também são indicados. Pacientes que simplesmente diminuem a potência da ereção em idades mais precoces como 30-35 também podem se beneficiar. Além disso, homens que estão com dificuldades em ter ereções de qualidade precisam avaliar também como anda a sua saúde cardíaca. O tratamento irá beneficiar também pacientes com o seguinte perfil: Pacientes que já tomam medicações vasodilatadoras para a ereção (Sildenafil, Tadalafila, etc) e não apresentam mais os mesmos resultados de antes; Pacientes que têm contraindicação ao uso dessas medicações para disfunção erétil porque têm doenças coronarianas, por exemplo; Pacientes que tomam esses remédios mas têm muitos efeitos colaterais, como dores de cabeça, congestão nasal, dores no corpo no geral, etc; Pacientes que querem diminuir a dose desses remédios; Pacientes que tomam os medicamentos mas que não apresentam resultados de forma alguma, ou seja, a ingestão do remédio não produz a ereção. Terapia de ondas de choque para disfunção erétil: preço Uma das grandes curiosidades que os pacientes têm em relação ao tratamento é sobre o custo. O que já é possível dizer que o custo-benefício é bastante atrativo, diante dos resultados obtidos para os pacientes que estão dentro do perfil mais indicado. Para o tratamento de ondas de choque são necessárias 4 a 6 sessões, 1 por semana, com acompanhamento médico. Cada sessão dura cerca de 20 minutos e o paciente não precisa de preparações. A partir da terceira sessão, os resultados já podem ser notados. O pacote de sessões varia de R$ 6 a R$12 mil reais, em geral. O custo é justificado pelo preço elevado do aparelho (importado) e a necessidade de troca frequente do Probe (cabeçote) para sempre prezar pela eficiência do método. Todo equipamento vem de fora do país, com preço em dólar. Conclusão Tratar a disfunção erétil é extremamente benéfico à saúde masculina, não só porque melhora a função sexual. Segundo um estudo da American Heart Association, homens acometidos pela impotência têm duas vezes mais chances de ter ataques cardíacos, justamente devido aos problemas de vascularização.

Para quais pacientes a terapia de ondas de choque é indicada?

Como a terapia de ondas de choque de baixa intensidade visa melhorar a circulação sanguínea e a vascularização, está direcionada especialmente para pacientes que estão com disfunção erétil por causas vasculares.

São pacientes que estão com problemas de fluxo sanguíneo no pênis em função do envelhecimento, diabetes, hipertensão, colesterol alto ou obesidade. Pacientes com disfunção erétil provocada por doença de Peyronie e após cirurgias de próstata também são indicados. Pacientes que simplesmente diminuem a potência da ereção em idades mais precoces como 30-35 também podem se beneficiar. 

Além disso, homens que estão com dificuldades em ter ereções de qualidade precisam avaliar também como anda a sua saúde cardíaca.

O tratamento irá beneficiar também pacientes com o seguinte perfil:

  • Pacientes que já tomam medicações vasodilatadoras para a ereção (Sildenafil, Tadalafila, etc) e não apresentam mais os mesmos resultados de antes;
  • Pacientes que têm contraindicação ao uso dessas medicações para disfunção erétil porque têm doenças coronarianas, por exemplo;
  • Pacientes que tomam esses remédios mas têm muitos efeitos colaterais, como dores de cabeça, congestão nasal, dores no corpo no geral, etc;
  • Pacientes que querem diminuir a dose desses remédios;
  • Pacientes que tomam os medicamentos mas que não apresentam resultados de forma alguma, ou seja, a ingestão do remédio não produz a ereção.

Tratamento da disfunção erétil com ondas de choque Indicações • Pacientes com doenças vasculares (obesidade, hipertensão, diabetes, colesterol alto, doenças cardíacas, etc) Vantagens • Não tem efeitos colaterais • É indolor • Não tem contraindicação Número de sessões • 4 sessões no total: 1 sessão por semana, com duração de 20 minutos

Terapia de ondas de choque para disfunção erétil: preço

Uma das grandes curiosidades que os pacientes têm em relação ao tratamento é sobre o custo. 

O que já é possível dizer que o custo-benefício é bastante atrativo, diante dos resultados obtidos para os pacientes que estão dentro do perfil mais indicado.

Para o tratamento de ondas de choque são necessárias 4 a 6 sessões, 1 por semana, com acompanhamento médico. Cada sessão dura cerca de 20 minutos e o paciente não precisa de preparações. A partir da terceira sessão, os resultados já podem ser notados. 

O pacote de sessões varia de R$ 6 a  R$12 mil reais, em geral. O custo é justificado pelo preço elevado do aparelho (importado) e a necessidade de troca frequente do Probe (cabeçote) para sempre prezar pela eficiência do método. Todo equipamento vem de fora do país, com preço em dólar. 

Conclusão

Tratar a disfunção erétil é extremamente benéfico à saúde masculina, não só porque melhora a função sexual.

Segundo um estudo da American Heart Association, homens acometidos pela impotência têm duas vezes mais chances de ter ataques cardíacos, justamente devido aos problemas de vascularização.

Essa terapia para disfunção erétil com ondas de choque vai restaurar os vasos sanguíneos do pênis e ajudar a melhorar esse quadro.

Além de buscar ajuda médica de forma preventiva, também não se esqueça que os bons hábitos ajudam extremamente neste processo da saúde como um todo. Uma alimentação saudável e prática de exercícios físicos constantes serão excelentes coadjuvantes até mesmo para o tratamento da disfunção erétil.

ebook disfunção erétil

 

Home – Marco Túlio

Dr. Marco Túlio Cavalcanti Urologista e Andrologista. Disfunção Erétil e Impotência sexual: dê fim a esse tormento. Prótese do Pênis: a retomada da sua vida sexual. Doença Peyronie: correção da curvatura, recuperação do tamanho e calibre do pênis. Reposição Hormonal: retome o seu desempenho.

Instagram: @dr.mtcavalcanti

Youtube: Dr. Marco Túlio Cavalcanti

www.drmarcotuliourologista.com.br

 

Leia também

Qual o preço da terapia ondas de choque para disfunção erétil?

Qual o preço da terapia ondas de choque para disfunção erétil?

Quem está em busca de formas de tratar a impotência não deve perder a oportunidade de conhecer mais sobre o…
Como fica o desempenho masculino  depois dos 40 anos?

Como fica o desempenho masculino depois dos 40 anos?

O desempenho masculino após os 40 anos pode decair? Esse problema ocorre com todos os homens? Tem como prevenir o…
Tipos de pênis: qual é o formato do seu? Entenda se é normal

Tipos de pênis: qual é o formato do seu? Entenda se é normal

As pessoas são diferentes em características físicas, até por isso, existem tipos de pênis distintos também. Essa constatação leva muitos…
Translate »