Sexo na terceira idade: quais os benefícios de manter a vida sexual?

Conteúdo

O sexo na terceira idade pode ainda ser visto como um tabu para muitos, assim, quem já passou dos 60 possui muitas dúvidas sobre o assunto, mas também muita vergonha de se expressar. O envelhecimento causa mudanças no corpo e na sexualidade, o que não quer dizer que o sexo de idosos deva ser visto como errado ou prejudicial. Na verdade, faz muito bem e não deve deixar de acontecer. Leia esse texto para entender quais benefícios o sexo pode trazer para quem já alcançou a melhor idade. Benefícios do sexo na terceira idade O sexo é benéfico em qualquer idade e não deve ser visto como uma prática apenas para as pessoas mais jovens, até porque os benefícios que oferece podem funcionar ainda melhor a longo prazo. Portanto, ter uma vida sexual ativa traz muitas melhorias para quem pratica. Conheça alguns benefícios Bem-estar Durante o sexo, são liberados hormônios como endorfina e ocitocina na corrente sanguínea, o que gera a sensação de bem-estar e bom humor. Aumento da autoestima Muitas pessoas veem a idade como um empecilho para várias atividades. Conforme vão envelhecendo, as mudanças no corpo vão ficando mais visíveis e é possível que esse fato desencadeie problemas de autoestima, como passar a não gostar do próprio corpo. O amor e sexo na terceira idade ajuda a combater esse sentimento, porque se sentir desejado(a) pela parceria durante o ato sexual pode alavancar o seu amor próprio. Os hormônios liberados durante o ato sexual também contribuem para isso. Melhora a memória Quem continua fazendo sexo na terceira idade tem outros benefícios em relação a quem não pratica, porque o ato sexual promove maiores interações entre áreas do cérebro e pode estimular o hipocampo, que é responsável pela memória, emoções e comportamentos sociais. Se manter ativo Exercícios físicos são importantes para pessoas em qualquer idade, é uma necessidade do ser humano praticar algum tipo de atividade física ou se manter em movimento de alguma forma. Com a idade, isso se torna ainda mais necessário, para garantir uma boa qualidade de vida. Portanto, o sexo na velhice ajuda as pessoas a se manterem ativas e dispostas. Alivia a dor Durante o orgasmo, são liberados alguns hormônios, sendo um deles a endorfina, que causa sensação de prazer e também funciona como um analgésico. Esse é mais um benefício para quem continua investindo no sexo e amor na terceira idade. Reduz o estresse Assim como acontece com a dor, os hormônios liberados no orgasmo ajudam a reduzir o estresse, o que promove uma sensação de calma e tranquilidade. Sexualidade na terceira idade Apesar de o sexo na terceira idade ser bastante benéfico, pode ser que não possa ser praticado com a intensidade ou até da mesma forma da juventude. Isso acontece porque com o passar do tempo, o corpo sofre mudanças e as atividades precisam seguir o ritmo particular de cada indivíduo. A partir dos 50 anos, o homem pode passar pela andropausa (que é uma baixa hormonal masculina), quando começam a diminuir as taxas de testosterona, que é o principal hormônio sexual masculino. Por conta dessa perda, a vida sexual e a sexualidade do idoso podem ser afetadas de maneira considerável, já que a perda desse hormônio pode levar a algum tipo de disfunção sexual, diminuição da libido ou até mesmo impotência sexual. A vida sexual da mulher também é muito afetada a partir da menopausa, o que pode ocorrer a partir dos 45 anos. Com a queda dos níveis de estrogênio, principal hormônio sexual feminino, há ressecamento e atrofia vaginal. A lubrificação se torna mais demorada e é preciso muito mais estímulo para que possa atingir o nível necessário para penetração sem dor. As paredes vaginais também podem se tornar finas e flácidas, gerando um maior atrito durante o ato e promovendo mais dor. O mais indicado é que os casais da terceira idade procurem uma ajuda especializada para minimizar os desconfortos que podem surgir nessa fase. Como fazer sexo na terceira idade? Proteção e automedicação O sexo na terceira idade, assim como em qualquer outra, deve ser praticado de maneira segura, utilizando proteção. Segundo o Ministério da Saúde, o número de casos de HIV entre pessoas acima dos 60 anos aumentou 81% entre 2006 e 2017. Esse aumento se dá, principalmente, pela falta do uso de preservativos. A camisinha não é, e não pode ser vista, apenas como um meio de prevenção à gravidez. Também serve para proporcionar um sexo seguro e diminuir a chance da transmissão de ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), então, deve ser utilizada em todas as relações sexuais, mesmo a parceria seja fixa. Além disso, é muito importante alertar para a automedicação nessa fase, porque muitos homens fazem uso de medicações para ajudar na ereção ou libido, mas o medicamento deve ser indicado pelo médico. O melhor é procurar um médico especialista em sexualidade masculina, para que ele avalie o paciente e faça uma prescrição individual, com a dose certa. Conclusão A atividade sexual na terceira idade é muito importante, porque gera prazer e traz diversos benefícios para quem pratica. Mas, assim como em qualquer idade e qualquer outra atividade, é necessário alguns cuidados e prevenções para que tudo seja feito da melhor maneira possível. É importante também que o constrangimento seja deixado de lado, afinal, não há nada de errado em continuar sentindo desejo. Sexo e amor na terceira idade só fazem bem. E, caso necessário, também procurar um médico para melhores orientações. Leia também: Como funciona o viagra? Dr. Marco Túlio Cavalcanti Urologista e Andrologista. Disfunção Erétil e Impotência sexual: dê fim a esse tormento. Prótese do Pênis: a retomada da sua vida sexual. Doença Peyronie: correção da curvatura, recuperação do tamanho e calibre do pênis. Reposição Hormonal: retome o seu desempenho. Instagram: @dr.mtcavalcanti Youtube: Dr. Marco Túlio Cavalcanti www.drmarcotuliourologista.com.br

O sexo na terceira idade pode ainda ser  visto como um tabu para muitos, assim, quem já passou dos 60 possui muitas dúvidas sobre o assunto, mas também muita vergonha de se expressar. 

O envelhecimento causa mudanças no corpo e na sexualidade, o que não quer dizer que o sexo de idosos deva ser visto como errado ou prejudicial. Na verdade, faz muito bem e não deve deixar de acontecer. 

Leia esse texto para entender quais benefícios o sexo pode trazer para quem já alcançou a melhor idade. 

Benefícios do sexo na terceira idade

O sexo é benéfico em qualquer idade e não deve ser visto como uma prática apenas para as pessoas mais jovens, até porque os benefícios que oferece podem funcionar ainda melhor a longo prazo. Portanto, ter uma vida sexual ativa traz muitas melhorias para quem pratica. Conheça alguns benefícios

  • Bem-estar

Durante o sexo, são liberados hormônios como endorfina e ocitocina na corrente sanguínea, o que gera a sensação de bem-estar e bom humor. 

  • Aumento da autoestima

Muitas pessoas veem a idade como um empecilho para várias atividades. Conforme vão envelhecendo, as mudanças no corpo vão ficando mais visíveis e é possível que esse fato desencadeie problemas de autoestima, como passar a não gostar do próprio corpo. O amor e sexo na terceira idade  ajuda a combater esse sentimento, porque se sentir desejado(a) pela parceria durante o ato sexual pode alavancar o seu amor próprio. Os hormônios liberados durante o ato sexual também contribuem para isso.

  • Melhora a memória

Quem continua fazendo sexo na terceira idade tem outros benefícios em relação a quem não pratica, porque o ato sexual promove maiores interações entre áreas do cérebro e pode estimular o hipocampo, que é responsável pela memória, emoções e comportamentos sociais. 

  • Se manter ativo

Exercícios físicos são importantes para pessoas em qualquer idade, é uma necessidade do ser humano praticar algum tipo de atividade física ou se manter em movimento de alguma forma. Com a idade, isso se torna ainda mais necessário, para garantir uma boa qualidade de vida. Portanto, o sexo na velhice ajuda as pessoas a se manterem ativas e dispostas. 

  • Alivia a dor

Durante o orgasmo, são liberados alguns hormônios, sendo um deles a endorfina, que causa sensação de prazer e também funciona como um analgésico. Esse é mais um benefício para quem continua investindo no sexo e amor na terceira idade.

  • Reduz o estresse

Assim como acontece com a dor, os hormônios liberados no orgasmo ajudam a reduzir o estresse, o que promove uma sensação de calma e tranquilidade. 

Sexualidade na terceira idade

Apesar de o sexo na terceira idade ser bastante benéfico, pode ser que não possa ser praticado com a intensidade ou até da mesma forma da juventude. Isso acontece porque com o passar do tempo, o corpo sofre mudanças e as atividades precisam seguir o ritmo particular de cada indivíduo. 

A partir dos 50 anos, o homem pode passar pela andropausa (que é uma baixa hormonal masculina), quando começam a diminuir as taxas de testosterona, que é o principal hormônio sexual masculino. Por conta dessa perda, a vida sexual e a sexualidade do idoso podem ser afetadas de maneira considerável, já que a perda desse hormônio pode levar a algum tipo de disfunção sexual, diminuição da libido ou até mesmo impotência sexual.

A vida sexual da mulher também é muito afetada a partir da menopausa, o que pode ocorrer a partir dos 45 anos. Com a queda dos níveis de estrogênio, principal hormônio sexual feminino, há ressecamento e atrofia vaginal. 

A lubrificação se torna mais demorada e é preciso muito mais estímulo para que possa atingir o nível necessário para penetração sem dor. As paredes vaginais também podem se tornar finas e flácidas, gerando um maior atrito durante o ato e promovendo mais dor. 

O mais indicado é que os casais da terceira idade procurem uma ajuda especializada para minimizar os desconfortos que podem surgir nessa fase.

Como fazer sexo na terceira idade? Proteção e automedicação

O sexo na terceira idade, assim como em qualquer outra, deve ser praticado de maneira segura, utilizando proteção. Segundo o Ministério da Saúde, o número de casos de HIV entre pessoas acima dos 60 anos aumentou 81% entre 2006 e 2017. Esse aumento se dá, principalmente, pela falta do uso de preservativos. 

A camisinha não é, e não pode ser vista, apenas como um meio de prevenção à gravidez. Também serve para proporcionar um sexo seguro e diminuir a chance da transmissão de ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), então, deve ser utilizada em todas as relações sexuais, mesmo a parceria seja fixa. 

Além disso, é muito importante alertar para a automedicação nessa fase, porque muitos homens fazem uso de medicações para ajudar na ereção ou libido, mas o medicamento  deve ser indicado pelo médico. 

O melhor é procurar um médico especialista em sexualidade masculina, para que ele avalie o paciente e faça uma prescrição individual, com a dose certa. Ebook Disfunção erétil

Conclusão

A atividade sexual na terceira idade é muito importante, porque gera prazer e traz diversos benefícios para quem pratica. Mas, assim como em qualquer idade e qualquer outra atividade, é necessário alguns cuidados e prevenções para que tudo seja feito da melhor maneira possível. 

É importante também que o constrangimento seja deixado de lado, afinal, não há nada de errado em continuar sentindo desejo. Sexo e amor na terceira idade só fazem bem.  E, caso necessário, também procurar um médico para melhores orientações. 

Leia também: 

Home – Marco Túlio

Dr. Marco Túlio Cavalcanti Urologista e Andrologista. Disfunção Erétil e Impotência sexual: dê fim a esse tormento. Prótese do Pênis: a retomada da sua vida sexual. Doença Peyronie: correção da curvatura, recuperação do tamanho e calibre do pênis. Reposição Hormonal: retome o seu desempenho.

Instagram: @dr.mtcavalcanti

Youtube: Dr. Marco Túlio Cavalcanti

www.drmarcotuliourologista.com.br

Leia também

Pênis inchado: pode ser alguma doença?

Pênis inchado: pode ser alguma doença?

Um pênis inchado pode ser sinal de infecções, inflamações e até traumas, pode trazer dor e muito desconforto. Veja nesse…
Varizes no pênis: isso realmente existe?

Varizes no pênis: isso realmente existe?

Muitos homens percebem que têm veias saltadas no órgão sexual e imaginam que estão com varizes no pênis. Nem sempre…
Pênis sensível: 4 motivos que levam a esse desconforto

Pênis sensível: 4 motivos que levam a esse desconforto

Sentir o pênis sensível em algumas situações é normal, porém, certas condições vão potencializar muito essa sensibilidade e será mais…
Translate »