Chip de testosterona: como funciona?

Já ouviram falar em chip de testosterona? Essa tem sido uma forma de tratamento quando os homens estão com um baixo nível hormonal.

Mas você sabe se é eficiente e como funciona? Vamos saber tudo nesse post.

O que é chip de testosterona?

Na verdade, o nome correto é implante subcutâneo de testosterona, que vai devolver aos homens a dosagem adequada do hormônio em seus organismos, por meio do implante de pellets, que são pequenos comprimidos de testosterona. A palavra chip não seria bem adequada para esse caso, embora o tratamento seja muito conhecido assim.

Quando o homem está com testosterona baixa uma reposição hormonal é indicada. A testosterona é o principal hormônio sexual masculino e, embora esteja no organismo feminino também, nos homens está presente em dosagens 20 vezes maior que nas mulheres. 

Quando o homem não está produzindo esse hormônio de forma adequada pelos testículos, essa condição é chamada de hipogonadismo e precisa ser tratada.

Para descobrir se está com testosterona baixa, o homem pode perceber alguns sintomas que podem denunciar que algo não vai bem no seu organismo, como:

  • Fadiga;
  • Indisposição;
  • Cansaço excessivo;
  • Irritabilidade;
  • Depressão;
  • Perda de libido;
  • Disfunção erétil;
  • Diminuição das ereções espontâneas;
  • Diminuição do volume ejaculatório;
  • Aumento da gordura abdominal;
  • Diminuição de massa muscular;
  • Desânimo,
  • Perda de memória, etc

Normalmente esse problema vai ocorrendo à medida que o homem vai envelhecendo. Estudos revelam que a partir dos 40 anos, a testosterona no organismo masculino pode cair de 1% a 2% ao ano.

Chip de testosterona é uma forma de tratamento quando os homens estão com um baixo nível hormonal. Entenda se é possível para você.

É necessário buscar um médico especialista

A primeira medida que um homem deve tomar ao constatar esses sintomas acima é buscar ajuda especializada, com um médico urologista ou andrologista.

Além de uma consulta para constatar o histórico médico do paciente e sintomas, o urologista também vai solicitar exames laboratoriais para comprovar a baixa da dosagem hormonal.

Há uma certa divergência  de muitas entidades médicas sobre o que consideram como um nível baixo de testosterona, mas em geral, é quando os hormônios estão abaixo de 300 ng/DL.

Ao constatar essa baixa da normalidade, o médico vai aconselhar uma reposição de testosterona

Formas de reposição de testosterona:

  • Gel transdérmico;
  • Injetável de longa duração;
  • Injetável de curta ou média duração;
  • Nasal;
  • Adesivo;
  • Via oral;
  • Implante.

Chip de testosterona é uma forma de tratamento quando os homens estão com um baixo nível hormonal. Entenda se é possível para você.

Chip de testosterona: como funciona?

Ao constatar de forma efetiva a baixa dosagem do hormônio, o médico vai explicar ao paciente qual deverá ser o nível de reposição para o caso dele, de acordo com seu grau de necessidade,  e escolher uma das formas de reposição de testosterona. 

As formas mais usadas de reposição hormonal são os géis e injetáveis. Mas alguns tratamentos pode ser um desafio para os homens, como os géis transdérmicos, que exigem lembrar do uso todos os dias. Além disso, é preciso ficar atento para não transmitir o gel ainda fresco na pele no contato com outras pessoas que ficarão expostas ao excesso de testosterona.

As injeções de testosterona podem trazer desconfortos para alguns, como irritação no local, ou mesmo ter que se deslocar até algum lugar para aplicação da injeção ou mesmo aprender a fazer a autoaplicação. Por isso, o implante hormonal com testosterona bioidêntica pode ser uma das formas escolhidas para uma forma de terapia hormonal de longa duração.

Veja nesse vídeo abaixo a explicação da autoaplicação do Cipionato de Testosterona:

Procedimento é rápido

A implantação do chip de testosterona masculino é um procedimento rápido, realizado no próprio consultório, praticamente indolor, com anestesia local.

As áreas escolhidas para o implante costumam ser os flancos ou os glúteos. A cada implante podem ser colocados de 8 a 12 pellets de testosterona por meio de uma cânula de introdução.

Depois de introduzidos, os pellets vão liberando a testosterona gradativamente por até 6 meses. De acordo com o caso, podem ser introduzidas outras medicações também, além da testosterona. 

Alguns homens também querem usar o chip de testosterona para melhorar performance física e esportiva, mas esse usos não são considerados reposição hormonal. Muitos desses homens buscam esse método porque a testosterona ajuda aumenta o tônus muscular e ajuda a reduzir medidas.

Os pellets não vão possibilitar níveis tão altos de testosterona no organismo para essas questões de desempenho.

Também vale lembrar que quando o homem passa por uma reposição hormonal de testosterona, o hormônio não será produzido de forma natural pelo corpo, assim, a questão da fertilidade será atingida. 

Chip de testosterona é uma forma de tratamento quando os homens estão com um baixo nível hormonal. Entenda se é possível para você.

Implante de chip de testosterona: vantagens e desvantagens 

Assim, como as outras formas de reposição, o chip de testosterona tem vantagens e desvantagens:

Vantagens

  • Tempo de duração:  de 4 a 6 meses;
  • Procedimento traz certa comodidade ao paciente: não terá que passar todo dia como o gel ou sofrer o desconforto das aplicações de injeção.

As empresas que tem a licença da comercialização desses produtos também vendem a ideia que os níveis de testosterona ficaram estáveis dia a dia, com uma quantidade fixa do hormônio. Mas isso não é verdade. 

Quem usa implantes hormonais de testosterona também vão sofrer com picos do hormônio no primeiro mês e o ciclo de meia vida, que vai ocorrer por volta de 2 meses e meio. Por volta de 4 a 5 meses, já começa também a ocorrer a queda dos níveis da testosterona mesmo com o chip hormonal.

Desvantagens

A desvantagem do procedimento é o custo, que é mais alto que outras formas de tratamento. Sobre o chip de testosterona para homens, o valor também é variável de acordo com a necessidade do paciente.

Além disso, também pode haver extrusão dos pellets e casos raros de infecção.

Outro problema é que, se o paciente tiver alguma reação, a retirada do chip implantado é mais complicada e o dispositivo continuará enviando as dosagens diárias.

Por isso, chip de testosterona para homens não deve ser a primeira opção para a reposição hormonal. O ideal é escolher outras formas em primeiro lugar, que vão também ajudar a encontrar a dosagem ideal para cada paciente.

E, caso o paciente se adapte bem ao tratamento, poderá pensar nos pellets.

Chip de testosterona é uma forma de tratamento quando os homens estão com um baixo nível hormonal. Entenda se é possível para você.

Conclusão

Uma terapia hormonal bem sucedida deve ser realizada com a dosagem correta de hormônio e o método que o paciente mais se adaptar. 

A reposição hormonal com doses inadequadas pode trazer efeitos colaterais perigosos, como problemas cardíacos e aumento da contagem de glóbulos vermelhos. Por isso, é mais do que imprescindível buscar o especialista correto, que vai definir, junto com o paciente, o que será melhor para o seu tratamento.

Home – Marco Túlio

Dr. Marco Túlio Cavalcanti Urologista e Andrologista. Disfunção Erétil e Impotência sexual: dê fim a esse tormento. Prótese do Pênis: a retomada da sua vida sexual. Doença Peyronie: correção da curvatura, recuperação do tamanho e calibre do pênis. Reposição Hormonal: retome o seu desempenho.

Instagram: @dr.mtcavalcanti

Youtube: Dr. Marco Túlio Cavalcanti

www.drmarcotuliourologista.com.br

Leia também

Pornografia digital, NoFap e disfunção erétil: qual a relação?

Pornografia digital, NoFap e disfunção erétil: qual a relação?

Vem crescendo o número de artigos que relacionam o consumo exagerado de pornografia digital com a disfunção erétil. Por outro…
Chip de testosterona: como funciona?

Chip de testosterona: como funciona?

Já ouviram falar em chip de testosterona? Essa tem sido uma forma de tratamento quando os homens estão com um…
Pênis curvo: quando pode ser um problema?

Pênis curvo: quando pode ser um problema?

Muitos homens tem o pênis curvo, mas em alguns casos, essa característica pode representar um problema que vai afetar bastante…
Translate »